23.12.07

"mulheres"

se por acaso um dia eu tivesse
a chance de escolher entre todas
as mulheres que talvez eu tenha
amado e elas também quem sabe,
como sempre de forma desconexa,
ainda assim, o amor, se acaso tivesse,
a chance, eu não escolheria nenhuma,
entre todas, preferiria ficar sozinho.

obviamente elas não são más pessoas.
algum erro cósmico encurtou as nossas
façanhas – apenas isso e o sol ausente.

e obviamente eu detesto ficar sozinho.
mas nada pior que ser só, acompanhado.
e, afinal, o que amo ou amei nelas todas
é o sinal de que, por pior que tudo fosse
(ou seja) é sempre tempo de prosseguir.

elas me ensinaram que se deve prosseguir,
eu, por pura carência, resolvi que ficarei.
porque as amei sozinho, quando as amei.
a inocência do erro: isso eu devo respeitar.

2 comentários:

MMilanez disse...

nosso dom juan.
mary

natércia pontes disse...

gostei do lance "sol ausente". gosto de tudo, aliás! beijão daqui do ceará