11.8.12

"Lucien"




uma canção de Gainsbourg, uma namorada de Gainsbourg.
uma canção de Gainsbourg, uma letra de Vallejo.
uma namorada de Vallejo, uma namorada de Vallejo e Gainsbourg.
era sem dedo, Gréco, mas com abraços, sem traço, mas com risco.
o que pisca nem sempre tem olhos, o que dorme nem sempre está vivo.
vem do mar o que nem sempre é heroico, das barragens, a pedra demolidora.
era sem pedra, Birkin, mas era Bastilha, ainda desejo, mas não sonho.
o que é banho, fome, nem sempre é limpo: hoje devo me casar por amor.
mas não precisamos, Bardot, falar de assuntos tristes esta noite.

Um comentário:

Laís Grass Possebon disse...

Eu estava precisando ler isto. Perfeito (para este momento) como chocolate quente no inverno.