17.11.10

"Los Perros Románticos" (Roberto Bolaño)



En aquel tiempo yo tenía 20 años
y estaba loco.
Había perdido un país
pero había ganado un sueño.
y si tenía ese sueño
lo demás no importaba.
Ni trabajar, ni rezar,
ni estudiar en la madrugada
junto a los perros románticos.
y el sueño vivía en el vacío de mi espíritu.
Una habitación de madera,
en penumbras,
en uno de los pulmones del trópico.
y a veces me volvía dentro de mi
y visitava el sueño: estatua eternizada
en pensamientos líquidos,
un gusano blanco retorciéndose
en el amor.
Un amor desbocado.
Un sueño dentro de otro sueño.
y la pesadilla me decía: crecerás.
Dejarás atrás las imágenes del color y del laberinto
y olvidarás.
Pero en aquel tiempo crecer hubiera sido un crimen.
Estoy aquí, dije, com los perros románticos
y aquí me voy a quedar.


xxx tradução xxx


Os Cães Românticos

Naquele tempo eu tinha 20 anos
e estava louco.
Havia perdido um país
mas havia ganhado um sonho.
e se tinha este sonho
o resto não importava.
Nem trabalhar, nem rezar,
nem estudar na madrugada
junto aos cães românticos.
e o sonho vivia no vazio de meu espírito.
Uma habitação de madeira,
em penumbras,
em um dos pulmões do trópico.
e às vezes me voltava dentro de mim
e visitava o sonho: estátua eternizada
em pensamentos líquidos,
um verme branco retorcendo-se
no amor.
Um amor desbocado.
Um sonho dentro de outro sonho.
e o pesadelo me dizia: crescerás.
Deixarás atrás as imagens da cor e do labirinto
e esquecerás.
Mas naquele tempo crescer havia sido um crime.
Estou aqui, eu disse, com os cães românticos
e aqui vou ficar.

4 comentários:

Sir disse...

me identifiquei <3

Camila disse...

porra, FODA FODA AHHHHHH
essa era a capa afinal han!

Anônimo disse...

vc é FoDão, cara!

Ian disse...

Muito bom. Eu bem estava afim de ler algum poema do Bolaño e não errei em ter expectativa. Dizem que o Detetives Selvagens também tem essa tonalidade saudosista como o Estrela Distante e esse poema. Ele encara o saudosismo muito bem, de pé e com uma incisão desconfiada, e apesar disso não permite que o sentimento se interrompa, na verdade ele se adensa, chega ao terrível e vira dilema de várias origens, dramas interiores e a ditadura chilena. De qualquer forma, parece que é uma paixão estranha, resignada e louca, que vence.

Abraços.