25.11.06

“a poesia termina quando a honestidade começa”

Sou o eterno vigiado em holofotes alcatraz
Sou o que vive sendo arrastado pelas ruas
Sou alimento para as fezes e para as putas
para a fome insaciável de lesmas sinceras
lentas e eternas por trás dos seus óculos de arte
e suas almas de vime tão recorrentes em palestras
de como se o mundo fosse o filtro de suas lentes
Sou o veneno dos seus chás efervescentes de tédio
Sou o sonho morto reencarnado em pedra brutal
Sou o abandono fictício de olhos sem nenhum élan
Sou a desfaçatez incorporada na palavra élan
o abandono acumulado nos olhos de quem implora
Sou o filosofo com preguiça de dar certo como nome de rua
ou aquelas estátuas de bronze já gastas na região da testa
Aquele que na sombra assassina elegias tetraplégicas
Sou o fugitivo das algemas invisíveis da vergonha de Rousseau
Em suma: sou egomaníaco e paranóico.

6 comentários:

Anônimo disse...

ainda bem que você no mínimo admite

Defensor, O Maldito disse...

Saudações Leonardo,
Gostei de vosso blog. Escreves muito bem. Vim através do site "Bestiário".
Se não se importar, vou colocar um link para o Asa...
Abraços

Anônimo disse...

Bonitas palavras pra chegar a um diagnóstico tão...cruel...hehehe...

bjo,

Rita

(PS--nos conhecemos num bar na gávea..sou amiga do baiano (thiago)...lembra?)

leonardo marona disse...

Caro Defensor, O Maldito, é muita gentileza sua. Obrigado pela visita. Vou dar uma olhada nos teus textos tb. O editor do Bestiário tá me devendo várias... Mas deixa pra lá.

Rita,

lógico que me lembro. jamais me esqueci de uma Rita, desde a Rayworth é assim. Gostei muito daquele dia, apesar da quantidade de bobagens que, irrefletidamente, eu digo quando meus olhos estão encantados. Não sei se vc entende... Me dá seu e-mail? o meu é leomarona@gmail.com

beijos e obrigado pela crueldade, digo, pela leitura...

Gi disse...

Ola Marona!!! Está sabendo que saiu a nova edição do Protótipo né?? Pois bem, acho que você precisa me mandar mais detalhes da sua vida cotidiana... estou vendo que inventar não vai dar muito certo!!! Quando o seu Protótipo chegar a gente conversa!!!! Beijo.

leonardo marona disse...

querida tutti-frutti,

realmente vejo que manter o mistério é mais fácil do que inventar um outro. ou seja, não diga nada. ou então continue inventando essas discrepâncias encantadoras como "leo adora Hair" e coisas do tipo. É realmente muito espirituoso da sua parte... Agora sério, vc acha realmente necessário que o público do zine saiba do cotidiano dos participantes. acho essa palavra, "cotidiano", tão bocejante...

beijos,

espero o meu exemplar, em novo endereço, passa pra Ju ou manda vc mesma:

Rua Manuel Niobei, 61 / 301
Urca - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 22291-220

beijos,

aquarius