30.10.06

“academia clandestina”

porque de acordo com as idéias
pelos poetas reclamadas
(refiro-me aos de almas aladas)
a poesia é uma tentação débil –
apoio de mãos leves na escuridão
– ato falho em asas de anjos –
que são poetas superiores à palavra
que sai de um nada para outro nada.

2 comentários:

peixe disse...

a tentação é uma poesia débil.


(seu nome já está "asa" lá)

leonardo marona disse...

de fato, faz bem mais sentido...