10.10.05

"Amizade"



Sim
Não
E estamos acertados.

6 comentários:

Anônimo disse...

Is Web 2.0 similar to Web 0.5?
File-Sharing/Flickr = FTP/Gopher Tagging = Meta Keywords This could be seen as a step backwards, but it feels more like a step forwards.
Find out how you can buy and sell anything, like things related to private road construction on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like private road construction!

Anônimo disse...

Microsoft 'Kahuna' Mail Beta to Expand to 200,000
My Account | 'GoogleOffice': A Microsoft Office Killer? If 'GoogleOffice' ever materializes, it won't be going head-to-head with Microsoft Office.
Find out how to buy and sell anything, like things related to private road construction on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like private road construction!

Escriba disse...

Olá, olá.

Li há pouco sua crônica Conhaque, Bukowski e a Mulher-Lobinho no Crônica do Dia e me admirei. Por isso, vim caçando por mais aqui no blog.

Num parêntese quanto as propagandas, em algum lugar na parte de Definições, nas opções do blog -- deve ter uma parte chamada "Comentários" --, selecione Sim para "Exibir uma confirmação de palavras para os comentários". Isso faz cada um que quiser comentar ter que escrever um código apresentado na tela, o que acabará com as propagandas, que em geral são feitas por programas.

Aguardo sua próxima crônica e que encontre logo uma editora para seu livro.

Vexille disse...

Estive acompanhando suas crônicas no pátio. Excelente trabalho. Considere-se lincado no meu blog.

Abraços.

ParaQue?! disse...

CUIDADO HEIM !!! Vc vai virar !!!!
Não PENSE NISSO! Seja + forte do que a sua FRUSTAÇÃO !!! E não indague depois ... Tente conhecer/compreender primeiro antes DE se ENTREGAR !!!
BJOS PARA TI !!!

leonardo marona disse...

babaca, quem é você para dar uma lição de comportamento quando nem o nome vc assina. o cuidado começa por aí. saber do que se trata a SUA frustração, e lidar com ela, mais do que tentar entender a dos outros, como se fosse um bastião da moralidade.